Agnolotti de abóbora com queijo-da-canastra e castanha-do-pará ao bechamel de coco

Related Posts with Thumbnails
INGREDIENTES

400 g de farinha de trigo orgânica
1 colher das de chá de cúrcuma
Sal marinho a gosto
4 ovos caipiras
3 e 1/4 de xícara das de chá de água
2 xícaras das de chá de purê de abóbora japonesa
1 xícara das de chá de queijo canastra ralado
2/3 de xícara das de chá de castanha-do-pará picada e tostada
4 colheres das de sopa e 1 fio de azeite extravirgem
2 dentes de alho amassados
1 colher das de sopa de suco de limão
1 pitada de canela
Pimenta-do-reino a gosto
1 e 1/2 xícara das de chá de coco fresco ralado
Raspinhas de 1 limão
1 folha de louro
2 colheres das de sopa de óleo de coco ou manteiga
1/4 de xícara das de chá de farinha de trigo
1 pitada de noz-moscada

MODO DE PREPARO

Massa:
Com as mãos, misture a farinha de trigo orgânica, a cúrcuma e o sal em uma bacia e dê o formato de um vulcão. Acrescente no meio os ovos 1 fio de azeite e vá mexendo até formar uma massa homogênea - se necessário, adicione 1/4 de xícara das de chá de água. Polvilhe um pouco de farinha de trigo e deixe descansar por 30 minutos. Em seguida, acrescente novamente a farinha de trigo e vá abrindo a massa no cilindro do lado mais grosso para o mais fino. Acerte as laterais retirando as arestas e, com um aro ou tampa, corte esferas de 10 cm cada uma e reserve-as em uma superfície polvilhada de farinha.

Recheio:
Descasque e retire as sementes da abóbora. Cozinhe-a ao vapor até ficar macia e amasse-a com um garfo. Misture em um recipiente o purê, o queijo ralado, a castanha-do-pará, o restante do azeite, o alho, o suco de limão e os temperos. Acerte o sal e reserve. Pegue uma esfera de massa e coloque uma colher do recheio no meio, pincele um pouquinho de água na lateral e com os dedos pressione delicadamente em outra esfera até ficarem grudadas. Cozinhe os agnolotti prontos em água fervente com sal por 1 ou 2 minutos. O tempo de cozimento vai depender da espessura da massa, que deve ficar al dente. Se necessário, aumente o tempo.

Molho:
Bata o coco ralado com o restante da água no liquidificador e então coe em uma peneira fina. Em uma leiteira, coloque a água batida com coco, as raspas de limão e o louro até levantar fervura. Em uma panela de fundo grosso (para não queimar o molho), adicione o óleo de coco (ou manteiga) e acrescente a farinha de trigo. Mexa levemente com uma colher de pau até dourar. Feito isso, acrescente aos poucos a mistura leitosa de coco, sempre misturando com, um batedor (fouet). Assim que o molho levantar fervura, abaixe o fogo e deixe cozinhar por alguns minutos. Finalize com o sal, a pimenta e a noz-moscada. Se ficarem grumos no molho, passe-o por uma peneira ou bata com um mixer.

Postar um comentário

Agradeço sua visita e obrigada por comentar. Afinal os comentários são para manter este blog.
A única coisa que peço é educação.

Dona Sinhá

 

Quem comenta mais neste blog...

Índice

Follow

Ou aqui

Total de visualizações de página

Siga-me por e-mail


Curiosidades Culinárias

Converão culinária

Líquidos (leite, água, óleo, bebidas alcoólicas, café, etc.)
1 xícara = 240 ml
1/2 xícara = 120 ml
1/3 xícara = 80 ml
1/4 de xícara = 60 ml

1 colher (sopa) = 15 ml

1 colher (chá) = 5 ml


Chocolate em pó (cacau em pó)
1 xícara = 90 g
1/2 xícara = 45 g
1/3 xícara = 30 g
1/4 de xícara = 20 g

1 colher (sopa) = 6 g


Manteiga (margarina e gordura vegetal)
1 xícara = 200 g
1/2 xícara = 100 g
1/3 xícara = 65 g

1 colher (sopa) = 15 g


Açúcar
1 xícara = 180 g
1/2 xícara = 90 g
1/3 xícara = 60 g
1/4 de xícara = 45 g

1 colher (sopa) = 12 g


Farinha de trigo
1 xícara = 120 g
1/2 xícara = 60 g
1/3 xícara = 40 g
1/4 de xícara = 30 g

1 colher (sopa) = 7.5 g


Fermento biológico fresco

1 tablete (fresco) = 15 g

45 g de fermento biológico fresco = 15 g fermento biológico seco (em pó ou granulado)


1 copo requeijão (vidro) = 250ml


1 copo americano = 175 ml


1 dose = 50 ml

Arquivo do blog

Google+ Badge

Agradecimentos

Agradeço eventuais matérias e ou fotos dando assim os também eventuais créditos. Se alguém, por qualquer motivo, achar que estou violando direitos autorais, entre em contato que a publicação será devidamente creditada ou ainda retirada.

Dona Sinhá.